Aberto o processo de adesão municipal ao Programa Saúde na Escola

Restabelecida decisão que determina instalação de Defensoria Pública no Paraná
18 de junho de 2013
Município de Colombo realiza a Conferência Municipal de Educação
18 de junho de 2013
Exibir tudo

Está aberta a adesão ao Programa Saúde na Escola, uma das ações dos Ministérios da Saúde e da Educação que compõem o Plano Juventude Viva. O processo de adesão começou no dia 14 de maio segue até 30 de junho.

Está aberto o processo de adesão ao Programa Saúde na Escola (PSE). As ações do PSE são realizadas ao longo de todo o ano letivo, mas para os alunos receberam os benefícios é necessário que a escola adira ao programa. Para isso, o responsável pelo município deve entrar no Portal do Gestor, onde terá acesso à listagem das escolas com informações necessárias ao planejamento da adesão. Lá ele também podeconsultar o passo a passo PSE/2013 e o Manual para Planejamento da adesão do Programa em: Materiais de Apoio. A iniciativa está entre as ações que compõe o Plano de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra, o Juventude Viva.

O PSE é uma iniciativa dos ministérios da Saúde e da Educação e proporciona atenção integral à saúde de crianças, adolescentes e jovens do ensino público por meio de ações que estimulam práticas de promoção de saúde, prevenindo agravos e doenças na comunidade escolar. As atividades são realizadas de forma articulada entre as equipes de saúde da Atenção Básica e os trabalhadores da educação nos estabelecimentos de ensino.

Os estudantes recebem instruções sobre como escovar os dentes de forma correta, fazem exame de acuidade visual para saber se precisam usar óculos e checam outros problemas de saúde como obesidade ou pressão alta. Evitando assim, as vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento desses estudantes.

Investimento – Por ser um espaço de relações, a escola é ideal para o desenvolvimento do pensamento crítico e político. Na medida em que contribui na construção de valores pessoais, crenças, conceitos e maneiras de conhecer o mundo, também interfere diretamente na produção social da saúde.

Durante a Semana de Mobilização Saúde na Escola 2013, realizada em março, cerca de 14 milhões de estudantes foram atendidos. Ao longo do ano  participam cerca 30 mil escolas, 13 mil Equipes de Saúde da Família e 2.300 municípios. Os investimentos previstos são de R$ 10 milhões, um incremento de 140% em relação ao ano passado, quando foram direcionados para a ação R$ 4,1 milhões. Além dos incentivos financeiros regulares do programa, as prefeituras das cidades participantes recebem também recursos extras no valor de R$ 594,15 por equipe de Atenção Básica mobilizada pela ação.

Projeto Olhar Brasil – Os exames de vista que os alunos são submetidos fazem parte do projeto Olhar Brasil, que ajuda na identificação e na correção de problemas de visão dos alunos de escolas vinculadas ao Programa Saúde na Escola (PSE). O objetivo é contribuir para a redução da evasão escolar e da dificuldade de aprendizagem, bem como por grandes limitações na qualidade de vida causadas pelas doenças que afetam a visão.

Fonte: Blog da Saúde

18/06/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *