Anderson Prego propõe ações que busquem a garantia de direitos em Colombo

Anderson Prego acompanha obras de drenagem urbana nas Ruas Sudão e Gustavo Kabitschke
12 de abril de 2018
Vereador Anderson Prego Solicita informações na Colombo Previdência
18 de abril de 2018
Exibir tudo

Encontra-se aberto para cadastramento de propostas voluntárias até o dia 23/06/2018, o Programa 8100020180025, do MINISTERIO DOS DIREITOS HUMANOS, voltado para o Apoio às Políticas Públicas de Ação Afirmativa.

O programa tem como objetivo o apoio a Projetos de formação para gestores (as) públicos (as) tais como: cursos, oficinas, seminários e publicações com conteúdo e ênfase na abordagem e enfrentamento ao racismo institucional. Projetos de valorização da vida, proteção, empoderamento e atendimento social de crianças, adolescentes e jovens negros em situação de vulnerabilidade social e violência, com ênfase em projetos de economia solidária, empreendedorismo e geração de renda. Projetos com ações que visem a construção de instrumentos pedagógicos para implementação da lei nº 10.639/2003, entre outras legislações de promoção da igualdade racial. Projetos que promovam a visibilidade e proteção da população negra LGBT, com enfoque no acesso ao mercado de trabalho e empreendedorismo, no combate à violência, racismo e lgbtfobia; por meio de cursos, oficinas, seminários, campanhas ou outras atividades, conforme a realidade institucional local para agentes públicos e/ou beneficiários diretos. Projetos que estimulem e fortaleçam as ações afirmativas voltadas para mulheres negras, com ênfase em: cultura, geração de renda, violência doméstica e saúde. Fomentar iniciativas que estimulem a economia solidária e promoção de mídias negras a partir das expressões culturais formadoras das identidades negras, com a participação e o protagonismo dos atores locais.

Conforme declaração do vereador Anderson Prego, “a adesão ao programa em questão irá proporcionar o combate às desigualdades sociais resultantes do racismo, articulando planos, ações e mecanismos voltados a promoção da igualdade étnica”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *