Animais soltos nas ruas em Colombo

IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO – IPTU 2015
15 de maio de 2015
Emenda de 250 mil reais para Construção de Pista de Skate em Colombo
21 de maio de 2015
Exibir tudo

Na semana passada, quando estava a caminho da Câmara Municipal, me deparei com esta imagem lamentável.

São muitos cães abandonados nesta região, inclusive dentro do terminal de ônibus e em seus arredores. Mas o pior, é que sabemos que o problema do abandono ou da guarda irresponsável de animais afeta o município inteiro.


Visando resolver este problema, o Mandato Popular Participativo Vereador Anderson Prego tomou diversas iniciativas, a fim de contribuir para que Colombo pudesse intervir e solucionar a questão.

Vejam nossas propostas:

 

Indicação 710/14, – Estudos para formação de parceria com a Universidade Federal do Paraná – UFPR, para execução no município de Colombo, do projeto controle de zoonoses e educação em guarda responsável em Curitiba e região metropolitana, idealizado pelo curso de medicina veterinária desta mesma universidade

Indicação 451/14 – Estudos para execução de um censo populacional de animais no município de Colombo.

Indicação 443/14 – Estudos para criação do conselho municipal de defesa dos direitos dos animais no município de Colombo.

Convidado por nosso mandato, no dia 25 de maio de 2014, o professor Antônio Waldir, coordenador do curso de Medicina Veterinária, esteve presente em uma reunião com a coordenação da Vigilância Sanitária de Colombo, secretários do Meio Ambiente, da Saúde e do Planejamento, na qual o professor pode explicar como deve ser o trabalho, como a Universidade pode ajudar, bem como dos recursos necessários.

Na ocasião, Waldir explicou que na primeira fase, ou seja, na execução do censo populacional de animais, o custo para a prefeitura era mínimo, uma vez que a Universidade tinha condições de trazer estudantes para a coleta de dados e necessitava apenas, do custeio com alimentação. Por fim, as secretarias presentes nesta reunião entenderam como importante e, acima de tudo, executável o projeto em Colombo. Nos foi informado anda naquela reunião, que o convênio seria firmado em cerca de 90 dias, mas infelizmente, nada aconteceu.

 

 

18/05/2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *