Moradores dos bairros Santa Úrsula e Alto da Cruz III protestam contra descaso da prefeitura.

Vereador Anderson Prego participa de sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.
12 de março de 2015
NOTA SOBRE O REAJUSTE DE SALÁRIO DOS VEREADORES (AS)
19 de março de 2015
Exibir tudo

Os moradores da Rua Gustavo Kabitschke e arredores colocaram uma faixa de protesto nas imediações do bairro Alto da Cruz III. Na faixa, eles interrogam sobre a política do executivo para atender a população.

Com as recentes chuvas, mais uma vez os moradores das Rua Gustavo Kabitschke e proximidades sofreram com alagamentos em frente suas residências, dentro do terreno e em alguns casos até mesmo tendo suas casas invadidas pela água misturada com lama e diversos entulhos.

Esta demanda tem sido lembrada por este mandato desde o primeiro semestre de 2013, quando, a partir das reivindicações dos moradores e visitas aos locais, elaboramos a indicação de nº 138/2013, que solicitava a execução de obras para solucionar tais problemas.

Meses depois, foram elaboradas algumas obras emergenciais. Porém, o problema não foi solucionado completamente, haja vista que os bueiros e a galeria construída para captação de água das enxurradas são constantemente entupidos pelos entulhos, obrigando os moradores a efetuarem por conta própria os serviços de limpeza para que diminuam o incômodo em situação de chuva. Com vistas a solução deste problema, encaminhamos o ofício nº 032/2014, solicitando justamente a manutenção da galeria e dos bueiros. No entanto, de acordo com relatos dos moradores, o serviço nunca foi executado.

A região citada enfrenta o problema de alagamentos há mais de 20 anos. Sabemos que existe a necessidade de um conjunto de ações para que seja resolvido. A Rua Gustavo Kabitshke fica em um vale, ou seja, é uma baixada que recebe água da região do Alto da Cruz e também do Santa Úrsula. Nestes dois bairros existem muitas ruas ainda não pavimentadas e também sem uma rede de captação das águas das chuvas, levando então, juntamente com a água, muito entulho (lixo, galhos e pedras) para a região mais baixa. Somado a isso, estão as irregularidades nas construções muito próximas ao córrego que passa entre a rua Gustavo kabitschke e a Rua Sudão, onde pode ser observado também o descarte de muito lixo que acaba interrompendo o fluxo da água.

Levando em consideração todos estes fatores, solicitamos também diversas outras ações da administração municipal como pode ser visto a seguir:

Ofício nº. 178/2013/GVAFS – manutenção do bueiro da Rua Líbia próximo ao número 846, localizada no bairro Alto da Cruz III

Ofício nº. 026/2013/GVAFS – serviço de limpeza e desobstrução de bueiro localizado na Rua Princesa Isabel, em frente ao número 1522, Bairro Jardim Fátima.

Ofício nº. 080/2013/GVAFS – manutenção da boca de lobo, na Rua São Pedro, 892 em frente ao Hospital e Maternidade Alto Maracanã

Ofício nº. 099/2013/GVAFS – serviço de canalizar a vala, localizada na rua Sudão, próximo ao número 656, bairro Alto da Cruz III, com instalação de galeria de escoamento.

Ofício nº. 123/2013/GVAFS – serviço de limpeza e desobstrução de bueiro localizado na Rua Princesa Isabel, em frente ao número 1522, Bairro Jardim Fátima.

Ofício nº. 180/2013/GVAFS – serviço de manutenção do canal fluvial da Rua Gustavo Kabitschke, localizado na Planta Santa Úrsula.

Ofício nº 067/2014/GVAFS – desobstrução do canal pluvial da Rua Líbia,no bairro Alto da Cruz.

Ofício nº 074/2014/GVAFS – retirada de entulhos na junção da Rua Líbia e Rua Egito, no Bairro Alto da Cruz.

13/03/2015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *