Mulheres saem às ruas de Curitiba no Dia internacional da Mulher

MÊS DA MULHER
6 de março de 2013
Dilma anuncia 1,2 bi para obras no Paraná
12 de março de 2013
Exibir tudo

Centenas de mulheres estarão nas ruas de Curitiba neste 8 de março exigindo uma vida sem violência. A caminhada faz parte das lutas em torno do Dia Internacional da Mulher e reunirá 43 entidades neste ano.

A manifestação começará às 15h30 na Boca Maldita e terminará na Praça Garibaldi (Largo da Ordem), na capital paranaense. Durante a caminhada sete atos temáticos serão realizados para lembrar a violência sofrida diariamente pelas mulheres; as condições de trabalho e os casos de exploração das  migrantes; soberania alimentar; direitos sexuais e reprodutivos; sexualidade plena; descriminalização do aborto e combate a mídia sexista.

Durante a atividade serão distribuídos materiais informativos, com dados dos níveis alarmantes da violência contra as mulheres, e cobrança de políticas públicas para enfrentamento desta triste realidade. Ao final do trajeto, as manifestantes entregarão um documento para a Secretaria Municipal Extraordinária da Mulher com reivindicações dos movimentos feministas, sociais e sindicais.

Ranking da Violência

Colombo está entre as nove cidades paranaenses que figuram entre as 100 que possuem o maior índice de assassinatos de mulheres

Dados da Comissão Parlamentar de Inquérito mostram a alarmante situação da violência doméstica. O Brasil é o 12º país com maior taxa de homicídios femininos e o Paraná ocupa a 3º posição no número de assassinatos de mulheres e Curitiba é a 4ª Capital em homícidios de mulheres.

A CPMI também mostrou que Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, é o segundo município brasileiro em número de homicídios femininos. A comissão ainda mostrou que nove cidades paranaenses figuram entre as 100 que possuem o maior índice de assassinatos de mulheres. São elas:  Araucária, Fazenda Rio Grande, Telêmaco Borba, União da Vitória, Foz do Iguaçu, Curitiba, Pinhais, São José dos Pinhais, Colombo e Guarapuava.

 

Fonte: PT Estadual

07/03/2013

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *