Roda de Conversa de Enfrentamento a Violência Contra à Mulher

Curso Negritude, branquitude e novos olhares
12 de março de 2014
Indicação propõe fixação de placas indicando Maternidade e Pronto Socorro do Alto Maracanã
14 de março de 2014
Exibir tudo

A Roda de Conversa sobre a violência contra a mulher aconteceu na noite de (05/03), em Colombo. A iniciativa, que foi lançada pelo Mandato Popular e Participativo do Vereador Anderson Prego, trouxe à tona a questão dos altos índices de violência e homicídio contra as mulheres.

No debate, estavam presentes representantes da Igreja, da Pastoral da Juventude e da Marcha Mundial das Mulheres, além de assistentes sociais e demais lideranças de Curitiba e Região.
Os dados apontados foram alarmantes: Curitiba é a 4ª capital com o maior índice de homicídio contra as mulheres, sendo que desses, a grande maioria são realizados dentro de seus lares, pelos próprios maridos, ex-maridos, cônjuges ou namorados. Em dados gerais, o Brasil é o 7º no ranking mundial e o Paraná ocupa a terceira posição na colocação brasileira, com 6,4 mulheres assassinadas para cada 100 mil. Outro dado importante é que a maioria das mulheres que sofrem violência ou homicídio, têm de 20 a 29 anos.
Como encaminhamento final deste debate, foi colocado que cada entidade representada continuaria atuando em seus meios de maneira intensa, defendendo a vida das mulheres. Além disso, o grupo que participou da Roda de Conversa disponibilizou-se a continuar realizando debates como este, para abranger as discussões e fomentar cada vez mais esse assunto tão importante.
Para mais informações sobre esse assunto (e sobre demais assuntos, também relevantes), indico o site http://www.mapadaviolencia.org.br/, que traz inúmeros dados para análise.
Também o site da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres: http://www.spm.gov.br/

13/03/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *