Secretário de Saúde participa de reunião na Câmara para dar explicação

Encontro com católicos(as) candidatos(as) a vereador(a) em Colombo
5 de setembro de 2016
Vereador Anderson Prego toma posse para o segundo mandato
1 de janeiro de 2017
Exibir tudo

No dia 12/12 do corrente ano, o Secretario de Saúde de Colombo, Darci Martins Braga participou a convite da Comissão de Educação, Saúde e Bem Estar Social de uma reunião para dar explicação sobre os acontecimentos recentes na saúde pública de Colombo. Nesta oportunidade, os vereadores perguntaram sobre várias demandas para esta importante área. O vereador Anderson Prego questionou sobre o fechamento do Pronto Atendimento do Osasco (PA Osasco), melhoria na infra estrutura do Pronto Atendimento do Maracanã (PA Maracanã), SAMU e corte abrupto dos adicionais de produtividade para as Equipes da Saúde da Família, que eram concedidos aos servidores a mais de 11 anos.

No primeiro ponto, fechamento do PA Osasco, o secretario apresentou uma análise dizendo que em maioria, os atendimentos que eram realizados lá não eram de urgência e emergência, portanto realizou esta ação de fechamento, levando os médicos que lá trabalhavam a realizar o atendimento no PA do Maracanã, passando de 250 atendimentos a 450 dia, pois aumentou o número permanente de médicos durante 24horas, o que, de acordo com o secretário, tornou o atendimento mais eficiente. Apresentou também que a maioria dos atendimentos poderiam ser realizados nas unidades básicas de saúde, não necessitando de ser realizado nos PA e isso enchem e precarizam os atendimentos.

Na questão de melhoria de infraestrutura do PA Maracanã, abordou que o PA está passando por uma reformulação e tornará uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que faz parte da Política Nacional de Urgência e Emergência, lançada pelo Ministério da Saúde em 2003, que estrutura e organiza a rede de urgência e emergência no país, com o objetivo de integrar a atenção às urgências.

Outro questionamento foi sobre como funcionará o SAMU em Colombo. O atendimento começará a partir do fim do mês de dezembro de 2016. Para isto Colombo passará a compor o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências Metropolitano. Este serviço pode ser acessado gratuitamente pelo número 192, a partir de qualquer telefone, fixo ou móvel, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações.

Sobre o corte abrupto dos adicionais de produtividade para as Equipes da Saúde da Família, apresentou que era um adicional concedido à época, para que os servidores aderissem a Estratégia da Saúde da Família, mas era um adicional momentâneo e que neste momento de crise no país, não era possível permanecer com este adicional. O vereador Anderson Prego, ponderou que antes de qualquer decisão deve ser pensando e planejado a valorização dos servidores municipais. Apresentou que deveria ter sido feito uma negociação antecipada com os servidores e buscado discutir todas as situações antes mesmo de realizar o corte. Lembrou que os servidores ao longo de 11 anos recebiam este adicional e que já deveria de ter sido incorporado aos salários. Na reunião falado sobre o Plano de Carreira próprio para os servidores da saúde, porem ainda não foi encaminhado a Câmara para ser votado. Com o Plano poderia ter sido corrigido todas as demandas históricas da categoria, mas que esta terminando o ano e não há algo concreto para a tramitação deste importante plano para a saúde. O secretario apresentou que já fora solicitado ao RH da Prefeitura de Colombo a realização de estudos para que em meados de 2017, deve estar na câmara municipal de Colombo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *