Vereador Anderson Prego busca melhorar acesso dos colombenses ao PROCON-Pr

Mandato Popular Participativo Vereador Anderson Prego faz balanço de 2013 a 2018
11 de janeiro de 2019
Reunião na Defensoria Pública
22 de fevereiro de 2019
Exibir tudo

Na manhã desta segunda-feira (18/02), o presidente da Comissão de Defesa do Cidadão e Segurança Pública, vereador Anderson Prego (PT), foi até a unidade de atendimento do Departamento Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON-Pr, em Curitiba, para buscar melhores formas para que os colombenses possam acessar o serviço de proteção ao consumidor.

 

Na conversa com a advogada e diretora geral do PROCON-Pr, Cláudia Silvano, Anderson falou sobre a necessidade que o município de Colombo tem de criar alguma forma de facilitar o acesso dos cidadãos ao serviço, seja pela criação de um órgão municipal ou em parceria com o Governo do Estado. A diretora Cláudia afirmou que um caminho importante seria a criação de um PROCON municipal, a exemplo de alguns municípios da Região Metropolitana, como os municípios de Quatro Barras e São José dos Pinhais fizeram, via projeto de lei e viabilização da prefeitura, uma vez que atualmente, o Estado não dispõe de estrutura para a criação de um posto no município de Colombo.

 

Em virtude da demora que um órgão como este levará para ser efetivamente implantado, Cláudia sugeriu fortalecer a campanha de divulgação das plataformas online de comunicação com o cidadão, evitando assim deslocamentos desnecessários até o centro de Curitiba para o primeiro contato.

 

Para os cidadãos que tem acesso à internet no celular, existe uma novidade para as reclamações, é o aplicativo consumidor.com, que pode baixado no celular e realizadas denúncias e reclamações das principais empresas.

 

O vereador Anderson Prego ira buscar junto à prefeitura uma divulgação ampla sobre este aplicativo, bem como fará uma luta grande para que o município crie o PROCON de Colombo como determina a legislação. “Temos uma importante luta de defesa do consumidor, sabemos que ainda nosso cidadão tem problemas enormes com diversas empresas, como bancos, telefonias, financeiras e cartões de créditos e precisa de orientação sobre seus diretos e a mediações destes conflitos devem ser realizadas pelos PROCONs”, encerrou o vereador.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *