Vereador Anderson Prego pede adesão à oficina “Construindo os Sistemas Municipais de Cultura”

Construção de calçada de pedestres na proximidade da Escola Municipal Jardim das Graças
9 de maio de 2016
Colombo precisa de um Fórum Permanente de Esporte e Lazer no município de Colombo diz o Vereador Anderson Prego
6 de junho de 2016
Exibir tudo

Vereador Anderson Prego pede adesão à oficina “Construindo os Sistemas Municipais de Cultura”

O Ministério da Cultura (MinC) promoverá a partir de abril, em parceria com a Associação Brasileira de Municípios (ABM), oficinas em todas as regiões do país, direcionadas para os gestores de Prefeituras que ainda não aderiram ao Sistema Nacional de Cultura (SNC), oferecendo a esses municípios condições técnicas adequadas para sua integração. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas na página www.abm.org.br/oficinascultura. O calendário prevê oito oficinas para o primeiro semestre de 2016, que serão realizadas nos meses de abril, maio e junho. O objetivo é instruir os gestores sobre a institucionalização dos sistemas de cultura e oferecer subsídios para sua implantação. Haverá um momento para utilização da Plataforma do SNC que permitirá realizar os procedimentos de adesão do município na oficina.

Todas as despesas para a realização da oficina – hospedagem, alimentação e material didático – serão custeadas pelo Minc/ABM. Cabe ao município participante apenas arcar com os custos de transporte até o local da oficina. SNC O Sistema Nacional de Cultura (SNC), inserido na Constituição Federal por meio do artigo 216-A, é uma estrutura organizada em regime de colaboração, de forma descentralizada e participativa, que institui um processo de gestão e promoção conjunta de políticas públicas de cultura, democráticas e permanentes, pactuadas entre os entes da Federação e a sociedade, tendo por objetivo promover o desenvolvimento humano, social e econômico com pleno exercício dos Direitos Culturais. Até 31 de dezembro de 2015, todos os estados e 2.500 municípios brasileiros aderiram ao SNC e se encontram em processo de estruturação de seus respectivos sistemas de cultura. A adesão do município ao SNC pode ser feita na plataforma do Sistema, disponibilizada no endereço www.cultura.gov.br/snc, na qual o gestor encontra todas as informações necessárias para a realização dos procedimentos.

A oficina contará com a explanação dos temas:

Tema 1: Bases conceituais, jurídicas e institucionais Direitos Culturais; tridimensionalidade da cultura; conceitos, princípios e diretrizes do SNC. Estruturação, institucionalização e implementação dos componentes do SNC: órgão gestor, conselho, conferências, plano, fundo, sistema de informações e indicadores culturais, programa de formação e sistemas setoriais. Inter-relações entre os componentes. Marcos legais do SNC (, Lei 12.343/2010 – Plano Nacional de Cultura, PL do PRO-CULTURA, Minuta do Projeto de Lei do Sistema Nacional de Cultura)

Tema 2: Integração ao Sistema Nacional de Cultura  Apresentação do Acordo de Cooperação Federativa Breve explanação sobre o Acordo de Cooperação: objetivos; compromissos pactuados; (exercício proposto: acesso ao blog com preenchimento do acordo de cooperação federativo do SNC).

Tema 3: Institucionalização do Sistema Nacional de Cultura– Leis dos sistemas de culturas. A Importância da Institucionalização dos Sistemas Municipais de Cultura – Processo de discussão e elaboração da lei de sistema municipal de cultura: objetivos, conexões entre os componentes, estrutura básica da lei.

Tema 4: Componentes do SNC – Coordenação do sistema– Órgão Gestor Órgão Gestor – tipos, e nível hierárquico. Independência administrativa. Estrutura básica. Fluxos e atividades. Conexão com os demais componentes do sistema. Conceitos e importância de gestão estratégica e planejamento de ações.

Tema 5: Instâncias de Pactuação e Deliberação: conferências e conselhos de política cultural Conselhos de cultura: bases jurídicas e legais dos conselhos, tipologia dos conselhos, conceitos, composição, tipos, atribuições, funcionamento. A importância da democracia participativa e fóruns de participação social. Conferências de Cultura: processo da CNC e conferências intermediárias.

Tema 6: Instrumentos de gestão: Elaboração dos Planos estaduais e municipais de cultura Conceitos, metodologia, estruturação; Diretrizes e Metas do PNC. Apresentação dos planos de cultura do estado ou município. (Sugere-se a apresentação dos trabalhos de construção dos planos estaduais e, ou, municipais já realizados na região).

Tema 7: Instrumentos de gestão: Mecanismos de financiamento. Conceitos sobre orçamento público, fundos de Cultura, incentivo fiscal, fundo de investimento cultural e artístico, vale-cultura. Fundos de Cultura: marco legal e normas gerais de Direito Financeiro (Lei 4320/64), objetivos, repasse fundo a fundo. Criação e funcionamento: CNPJ, classificação institucional, fontes de financiamento, aplicação dos recursos, gestão do fundo e controle.

Tema 8: Trabalho em grupo Apresentação dos procedimentos necessários para a adesão ao SNC e preenchimento do Plano de Trabalho: etapas, fases e metas. Os Participantes serão divididos em grupos para discutir e planejar ações para construção de sistema de cultura. Intervalo.

09/05/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *