Vereador Anderson Prego quer que a Prefeitura oferte aulas gratuitas de Skate em Colombo

Vereador Anderson Prego promove debate sobre Reforma da Previdência na Câmara de Colombo
20 de abril de 2017
Anderson Prego pede auditoria do contrato de prestação de serviços SANEPAR e Prefeitura de Colombo 25/04/2017
25 de abril de 2017
Exibir tudo

No dia 14 de março de 2017, tramitou na Câmara Municipal uma indicação de autoria do vereador Anderson Prego que solicita que a Prefeitura oferte aulas gratuitas de skate nos bairros de Colombo.

O skate surgiu na Califórnia, Estados Unidos, nos anos 60. Foi inventado por alguns surfistas, como uma brincadeira para um dia no qual não havia ondas no mar. Eles utilizaram rodinhas de patins em madeiras com formato semelhante as suas pranchas. Já em 1965 foram fabricados os primeiros skates e realizados os primeiros campeonatos.

A modalidade “skateboard” tem ganhado muitos adeptos por todo o mundo, e em nosso município não é diferente. De acordo com praticantes do esporte, o skate é muito mais do que um carrinho montado com tábua, ferro e rodinhas, pois chega a ser um estilo de vida, uma cultura de liberdade.

Assim como muitos esportes, o skate é uma importante ferramenta de mudança de paradigma social. O “skatista”, para ter um bom desenvolvimento na modalidade, necessita de uma boa disciplina de treinos, aprendizado e cuidados com a saúde, portanto, um verdadeiro skatista, seja ele profissional ou simplesmente um amante do skate, tende a afastar-se de coisas ruins, tais como delitos, uso de drogas e vandalismo.

Cabe lembrar ainda, que o Skate já foi incorporado nos Jogos Olímpicos e as primeiras disputas no maior evento esportivo do mundo acontecerão nos jogos de Tóquio, no Japão em 2020.

De acordo com o vereador, a proposta vai ao encontro não só da tendência mundial em valorizar o esporte, mas também de aproveitar nossos talentos natos de Colombo e propiciar às nossas crianças e aos nossos jovens, oportunidades de conhecer este esporte, vivenciar sua cultura, cultivar amizades, obter novos aprendizados e cuidar de sua saúde e qualidade de vida. “Nossa sugestão é que a Gestão Municipal possa elaborar um programa piloto, com aulas itinerantes pelos bairros da cidade, trabalhando toda a parte cultural, teórica e prática do Skate”, finalizou Anderson.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *